15 de agosto de 2012

Quiosque solar fornece energia e muda a vida de vilarejo da Etiópia

Marina Franco - 15/08/2012 às 13:22


No Ano da Energia Sustentável para Todos, uma iniciativa mostra como a energia limpa e barata pode transformar a vida daqueles que não têm acesso ao recurso. Sim, ainda em 2012, uma em cada cinco pessoas no mundo vivem no breu ao cair da noite - ao todo, são 1.3 bilhões -, a não ser que recorram a lampiões de querosene, que eliminam fumaça prejudicial à saúde. Mas a realidade acabou de mudar em um pequeno vilarejo a 200 km ao sul da Etiópia, próximo ao Lago Langana.

Os africanos desta região foram presenteados com o SolarKiosk, um quiosque que vende alimentos, bebidas, remédios, cartões para celular, lanternas e ainda fornece energia gratuita. Como? Em seu teto, foram instalados painéis fotovoltaicos que absorvem a luz do Sol durante o dia e abastece, dia e noite, uma geladeira comunitária – para alimentos e medicamentos – e eletrônicos dos moradores do vilarejo, como celulares, televisões e aparelhos de som.

Foto: Divulgação SolarKiosk
O SolarKiosk, elaborado pela empresa alemã de mesmo nome, criou um ponto de comércio noturno, com novos postos de trabalho; promoveu treinamento sobre como os produtos solares funcionam; permitiu aos africanos saírem às ruas com alguma claridade e ainda ofereceu à comunidade a oportunidade de assistir televisão, ouvir música ou simplesmente interagir de noite – hábitos simples para os que consomem energia nesse período, não é mesmo? Sem falar que o uso de lampiões de querosene pode diminuir.
Agora, a empresa espera apoio para levar o SolarKiosk a outras áreas remotas da Etiópia. Curtiu?

Sobre o autor: Luciana Cantanhede Estudante de Biologia, Conselheira do Cades regional em São Paulo, busca através das temáticas ambientais conscientizar e incentivar a mudança de atitudes para práticas sustentáveis. Twitter | Facebook | Email

0 comentários:

Postar um comentário

Política de Direitos Autorais

Este blog respeita os direitos autorais e busca citar sempre as fontes de onde foram retirados os textos e imagens. Peço a gentileza que avisem caso ocorra alguma violação dos direitos autorais.